Entrada > Notícias > Presidente da República abre debate sobre o Contributo dos Politécnicos para o Desenvolvimento do País

Presidente da República abre debate sobre o Contributo dos Politécnicos para o Desenvolvimento do País

Presidência

Marcelo Rebelo de Sousa teceu vários elogios a estas Instituições de Ensino Superior.


O evento, organizado pelos Presidentes dos Conselhos Gerais dos Institutos Politécnicos, decorreu por ocasião dos 40 anos da Constituição da República Portuguesa e foi nesse contexto que o Chefe de Estado frisou o “contributo único das instituições politécnicas para a coesão territorial”.

“O país está-vos grato” – declara Marcelo Rebelo de Sousa no discurso de abertura do seminário, que decorreu no auditório das Escolas Superiores de Enfermagem e de Tecnologia da Saúde, em Lisboa, e que contou com a presença dos Presidentes dos Politécnicos e de várias personalidades, entre as quais o ex-ministro da educação Marçal Grilo.

O encontro e o debate tiveram como pano de fundo as reivindicações dos politécnicos para oferecerem cursos de doutoramentos e adotar apara o contexto internacional a designação de Universidades de Ciências Aplicadas (University of Applied Science), acompanhando a tendência europeia.

Durante a mesa redonda, subordinada ao tema do Desenvolvimento dos Politécnicos, Marçal Grilo questionou o atual enquadramento, nomeadamente a impossibilidade dos politécnicos outorgarem doutoramentos. João Duarte Silva, Membro do Conselho de Administração das A3ES frisou a gigantesca evolução dos politécnicos em termos de investigação e massa crítica, sublinhando as assimetrias, por exemplo, nos doutoramentos atribuídos em associação, cujas áreas e competências são da exclusividade dos politécnicos mas só o sistema universitário pode atribuir o grau.


Daniel Proença de Carvalho, Representante dos Presidentes dos Conselhos Gerais encerrou o seminário.

Autor

gabriela.pocas@sc.ipp.pt

Partilhar