Entrada > Notícias > ISEP desafiado em concurso da Bosch

ISEP desafiado em concurso da Bosch

ISEP

A Bosch lançou um concurso de investigação e desenvolvimento junto de cinco instituições de ensino superior, entre as quais o ISEP, a escola de Engenharia do Politécnico do Porto


No âmbito da colaboração que tem vindo a desenvolver com as instituições de ensino superior, a Bosch acaba de lançar um concurso de investigação e desenvolvimento (I&D) junto de um grupo de instituições académicas nacionais.

Politécnico do Porto (através do Instituto Superior de Engenharia do Porto - ISEP), a Universidade do Minho, a Universidade de Aveiro, o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), e o Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) são as instituições que vão participar neste concurso, que visa o desenvolvimento de novas formas de aplicabilidade para os sensores XDK da Bosch.

O concurso passa pela entrega de kits de desenvolvimento dos sensores XDK às instituições participantes, estudantes, professores e investigadores, com o objetivo de apresentar "novos horizontes de aplicabilidade destas soluções nas mais diversas áreas e condições”.

Os trabalhos podem ser realizados de forma individual ou em grupo e deve ser entregue até 13 dezembro de 2019, um relatório técnico com a descrição da ideia e o respetivo código fonte. A avaliação dos trabalhos será feita por especialistas da Bosch na Alemanha, onde a iniciativa foi lançada. No início de 2020 todos os participantes poderão apresentar publicamente os seus projetos em Braga.

Os sensores XDK são dispositivos versáteis, programáveis e universais, equipados com a mais recente tecnologia, capazes de responder às mais variadas necessidades de aplicações de IoT (Internet of Things). Atualmente, estes sensores desenvolvidos pela Bosch já estão a ser aplicados em áreas tão distintas como: automatização industrial e manufatura; projetos de cantinas confortáveis e energeticamente eficientes, permitindo encontrar a configuração certa para os edifícios; na rastreabilidade alimentar, possibilitando a monotorização do processo desde o agricultor ao consumidor final; entre outras.

O concurso promovido pela Bosch está inserido numa iniciativa do IPCEI (Important Projects of Common European Interest), entidade da Comissão Europeia para projetos importantes de interesse comum europeu, que desafiou a empresa a partilhar as suas competências com diversas instituições em determinados países estratégicos, entre os quais se inclui Portugal.

Carlos Ribas, representante da Bosch em Portugal, reforçou a importância das relações existentes entre a empresa e estas entidades: "A Bosch tem na colaboração com as instituições de ensino superior um pilar crítico no suporte às suas atividades de inovação. As instituições de ensino superior em Portugal, os seus investigadores, professores e estudantes são conhecidos e reconhecidos pelo seu talento, a sua criatividade e capacidade de inovação certamente, encontrarão novas formas de aplicação de uma tecnologia já existente."

Autor

CCIC | P.PORTO

Partilhar