Entrada > Notícias > António Saiote dá concertos à distância para os mais idosos

António Saiote dá concertos à distância para os mais idosos

ESMAE

O músico e docente da ESMAE, escola de Artes do Politécnico do Porto, realiza pequenos vídeos que estão a ser passados por muitos lares da terceira idade


Músico e docente da Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE) do Politécnico do Porto, António Saiote iniciou uma campanha inédita nas redes sociais, com uma adesão que vai de norte a sul de Portugal.

O docente de clarinete tem realizado as suas aulas por Skype, quando decidiu alargar o espetro pedagógico a um âmbito mais performático da sua música à população mais idosa de Portugal, aquela, que nas suas palavras, “está a ser mais atingida sobretudo pelo isolamento trágico a que são obrigados”.

Também ele em isolamento e em regime de teletrabalho, António Saiote  escolheu um repertório facilmente reconhecível pelas franjas mais envelhecidas da população, “melodias e modinhas” de tempos antigos de que todos conhecemos as letras.

Foram vários os estudantes da ESMAE, colegas e estudantes internacionais de instituições congéneres, a seguir as passadas do mestre, e o Facebook encheu-se de música. "Um pouco por todo o país", afirma comovido, "os lares têm passado esses vídeos”, reiterando o imenso orgulho na escola que representa.

Com uma carreira com mais de 30 anos como solista, António Saiote escreveu a história do clarinete em Portugal. O docente da ESMAE estreou dezenas de obras em Portugal, atuou em mais de 30 países, foi jurado em prestigiados concursos, formou inúmeros clarinetistas, quase todos com carreiras notáveis. Em 2014, a International Clarinet Association atribuiu-lhe o Prémio Carreira por todo o trabalho que tem feito pelo clarinete, especialmente como mentor e intérprete.

A iniciativa, que Saiote descreve quase como “uma revelação que só a música pode proporcionar”, vai continuar, numa magnifica aliança feita de virtuosismo, partilha e generosidade.

Autor

CCIC | P.PORTO

Partilhar