Entrada > Notícias > Alexandre Quintanilha abre Conferências do Politécnico

Alexandre Quintanilha abre Conferências do Politécnico

Presidência

O cientista e deputado independente é o primeiro orador convidado do ciclo "Conferências do Politécnico - Ciência, Educação, Cultura e Sociedade"


Alexandre Quintanilha dispensa grandes apresentações. Um dos mais eminentes cientistas em Portugal nasceu em 1945, em Lourenço Marques, Moçambique, e formou-se em física teórica, em Joanesburgo, na Witwatersrand University.

Durante vinte anos viveu nos Estados Unidos, onde foi professor na Universidade da Califórnia, em Berkeley e no Lawrence Berkeley National Laboratory como professor de fisiologia celular e biofísica, sub-diretor da Applied Sciences Division e diretor do Center for Atmospheric and Biospheric Effects of Technology.

Veio para o Porto como professor de biofísica no ICBAS-UP no início dos anos 90. Foi até 2010 diretor e fundador do Instituto de Biologia Molecular e Celular e presidente do INEB. Presidiu depois ao grupo responsável pela implementação do consórcio i3S, que para além destes dois institutos, integra também o IPATIMUP. É membro de várias academias internacionais e presidiu a vários comités da ESF, da OECD, da Comissão Europeia (Marie Curie, ELSA, membro do EURAB e do STAC) e de outras organizações internacionais de investigação.

Actualmente é presidente da Comissão de Ética para a Investigação Clínica (CEIC) em Portugal, presidente do Conselho de Escola da ENSP-UNL e do Conselho Consultivo do Hospital Magalhães de Lemos. É deputado pelo PS na Assembleia da República e preside à Comissão de Educação e Ciência desde 2015. Tem uma vasta obra publicada de artigos e livros científicos. Os seus interesses actuais são nas áreas do stress biológico, percepção do risco e divulgação do conhecimento.

É um homem do mundo, com uma sólida e vasta cultura humanista. Assume como imperativo a defesa da liberdade individual, tendo declarado, em entrevista a São José Almeida desejar "um Estado que permita a autonomia das Pessoas" (Público, 13 de Setembro de 2015).

No dia 15 de outubro podemos ouvi-lo na primeira sessão das Conferências do Politécnico, Ciência, Educação, Cultura e Sociedade com uma palestra dedicada ao tema O conhecimento como base da democracia.

Autor

CCIC |P.PORTO

Partilhar