Entrada > Notícias > Semana das Ciências Empresariais

Semana das Ciências Empresariais

ESTG

As atividades que marcaram a abertura foram uma sessão de cinema e uma exposição fotográfica, promovidas por alunos do 2.º ano.


No passado dia 26 de abril, no auditório Professor Doutor Luís Soares da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras, realizou-se a sessão de abertura da Semana das Ciências Empresariais. As atividades que marcaram a abertura foram uma sessão de cinema e uma exposição fotográfica, promovidas pelos alunos do 2.º ano da Licenciatura de Ciências Empresariais, cujo principal objetivo foi incentivar a reflexão e o pensamento crítico em torno da grande temática da Responsabilidade Social.

Estas atividades estiveram integradas na Semana de Ciências Empresariais, organizada pelos alunos do 3.º ano da Licenciatura, tendo como palavras-chave: inspirar, conhecer e capacitar. A semana foi inaugurada com a exposição de fotografias Aves que nos Observam que estavam acompanhadas por um pequeno descritivo que revelava as características de cada ave. A exposição realizou-se em parceria com a Associação Vimaranense para a Ecologia, com o intuito de chamar a atenção para a importância da diversidade avifaunística da região de Felgueiras.

Durante a sessão de cinema foi visualizado o documentário norte-americano Tapped - A Batalha Pela Água, que retratou a problemática da água engarrafada e os malefícios que advêm da sua produção e uso. A sessão encerrou com um pequeno debate entre os presentes, onde foram discutidos os pontos fulcrais do documentário visualizado.

No dia 27 de abril, realizou-se a XV Edição do Seminário de Ciências Empresariais, no mesmo auditório, com a temática Empresas Familiares. A sessão de abertura esteve a cargo do Presidente da Câmara de Felgueiras, da Presidente da Escola e da aluna representante dos alunos do 3.º ano da Licenciatura em Ciências Empresariais.

O Dr. Inácio Ribeiro sublinhou o valor das trajetórias que os estudantes seguem, enaltecendo a importância do conhecimento e do desenvolvimento das suas soft skills. O Presidente referiu ainda a necessidade de se articularem dinâmicas territoriais para que o futuro se materialize num crescimento fortalecido e sustentável. A Doutora Dorabela Gamboa lembrou o facto de o evento estar no seu 15.º aniversário num formato inovador assumindo-se como uma importante mais-valia para a Licenciatura em Ciências Empresariais e para a Escola como um todo. Jéssica Lima referiu a conveniência do tema escolhido, mencionando que o principal objetivo do seminário seria o de demonstrar a importância das empresas familiares, assim como fornecer informações sobre as problemáticas, desafios e oportunidades que as mesmas enfrentam.

Este tema, de particular pertinência na atualidade, atraiu estudantes e docentes que puderam partilhar da experiência dos oradores convidados, uns em representação de empresas familiares, outros de instituições que apoiam e cooperam com estas empresas, os quais conseguiram cativar e entusiasmar toda a plateia com o seu conhecimento e partilha de experiências.

O dia seguinte, 28 de abril, foi repleto de atividades, iniciando com uma sessão de informação sobre Melhoria da Empregabilidade em Contexto Europeu, organizada em parceria com a Europe Direct Tâmega e Sousa e a Câmara Municipal de Felgueiras, integrada no projeto Volta de Apoio ao Emprego 2016.

Nesta sessão, de especial interesse para jovens brevemente potenciais candidatos ao mercado de trabalho, os oradores convidados apresentaram os organismos de apoio e exploraram as diversas oportunidades de emprego na Europa. Seguiu-se uma aula aberta, cujo orador, o Professor Luís Filipe Lages, da Nova School of Business and Economics, Massachusetts Institute of Technology, apresentou VCR: Value Creation Wheel: Uma Ferramenta para Resolver Desafios em Gestão e Informática, a qual ajuda a identificar, analisar e resolver problemas, fornecendo um processo dinâmico passo-a-passo para a criação de valor para a sociedade e todas as partes envolvidas na cadeia de valor (clientes, funcionários, fornecedores, distribuidores, investidores e acionistas).

O dia terminou com uma atividade realizada no Eskada Lounge Caffé Felgueiras, intitulada Alumni Talk – à conversa com antigos alunos, no qual os atuais estudantes puderam, num ambiente mais informal, conversar com licenciados em ciências empresariais, ex-alunos da Escola, sobre a importância do curso e as principais dificuldades sentidas no ingresso no mercado de trabalho.

A semana, cuja atividade programada para o dia 29 de abril (visita de estudo a duas empresas em Famalicão – Riopele e Campicarn) foi, entretanto, adiada para o dia 13 de maio, ficou assim marcada pelo entusiasmo dos estudantes da licenciatura que se envolveram e dedicaram à organização, desta semana.

O coordenador de curso, Vítor Braga, destacou o carácter integrador da Semana das Ciências Empresariais e enalteceu o empenho e a qualidade que os alunos do 3.º ano, em estreita colaboração com as turmas do 2.º ano e as docentes Alexandra Braga e Marisa Ferreira, aplicaram nesta iniciativa, deixando uma palavra de estímulo para que este continuasse a ser um evento que permite melhorar o envolvimento entre o ensino superior e os diversos agentes da comunidade, num formato de partilha e participação ativa.

Mencionou ainda a importância inerente à dinamização de todas as atividades que fazem parte do programa, já que estas pretendem incentivar a reflexão e o pensamento críticoA exploração de ideias e espaços que permitam trabalhar a criatividade e, ao mesmo tempo, o conhecimento acarreta importantes contributos para o crescimento de qualquer estudante e, como tal, o saldo final é extremamente positivo.

Autor

miguel.carvalho@sc.ipp.pt

Partilhar