Entrada > Notícias > Prémio nacional para designer do P.PORTO

Prémio nacional para designer do P.PORTO

Presidência

Dino Vázquez, designer dos Serviços Comuns e colaborador da ESE, escola de Educação do Politécnico do Porto, venceu o cartaz 3 de Dezembro do INR 2019


O concurso nacional “Cartaz 3 de dezembro”, do Instituto Nacional para Reabilitação (INR), foi atribuído a Dino Vázquez, colaborador da Escola Superior de Educação (ESE) e designer dos Serviços Comuns do Politécnico do Porto.

O concurso tem por objetivo premiar o trabalho gráfico que melhor represente a mensagem subjacente à comemoração  do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, nomeadamente celebrar os direitos das pessoas com deficiência e sensibilizar a sociedade para combater os preconceitos e obstáculos que impeçam estes cidadãos de exercer os seus direitos e participar ativamente em todos os aspetos da vida política, social, económica, cultural e artística.

Todos Iguais, Todos de Maneira Diferente foi um projeto especial que passou por dois momentos distintos. A criação e execução de figuras em madeira e a conceção e design do próprio cartaz.

Segundo Dino Vázquez, a utilização de excedentes na construção das figuras centrais do cartaz não foi uma decisão inocente. "Para além das questões de sustentabilidade houve o propósito de reabilitar madeiras e ferragens, transferindo a rusticidade do material para a dimensão antropomórfica e simbólica da deficiência. Inicialmente o único propósito destas figuras era o de posarem para a fotografia e a partir desta construir o cartaz, mas o seu valor afetivo e a reação do público transfigurou-as para sempre." Para o designer, o termo bonecos não é depreciativo, mas antes "uma apropriação afetiva destas personagens, contribuindo assim para a sua inclusão, condição indispensável para a reabilitação".

Dino Vázquez recebeu o prémio pelas mãos de Humberto Santos, Presidente do INR, durante a cerimónia das comemorações do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, este ano realizada em Santarém, no Convento de São Francisco, numa parceria entre o Instituto Nacional para a Reabilitação e a Câmara Municipal de Santarém.  Sob o lema “O Futuro é Acessível”, proposto pela ONU – Organização das Nações Unidas para este ano, a sessão de abertura contou com o presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, e a secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes. Ana Mendes Godinho, Ministra do Trabalho, Solidariedade e da Segurança Social procedeu à sessão de encerramento.

Autor

CCIC | P.PORTO

Partilhar