Entrada > Notícias > LABMI em estudo europeu sobre a efetividade das vacinas contra a COVID-19

LABMI em estudo europeu sobre a efetividade das vacinas contra a COVID-19

Presidência

O Laboratório de Biotecnologia Médica e Industrial do PORTIC | Politécnico do Porto é um dos 12 laboratórios que integram esta rede


O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) encontra-se a participar num estudo multicêntrico europeu sobre a efetividade das vacinas contra a COVID-19. Em Portugal, desde outubro de 2020, 13 unidades de saúde e 12 laboratórios, incluindo o laboratório LABMI do PORTIC - Porto Research, Technology & Innovation Center do Politécnico do Porto, integram esta rede no âmbito dos cuidados de saúde primários que, à data da redação da análise de dados para o artigo, tinham selecionado 579 doentes, que contribuíram para a análise conjunta deste estudo multicêntrico.

Este trabalho é coordenado pelo Departamento de Epidemiologia do INSA e conta com a colaboração do Laboratório Nacional de Referência da Gripe e outros Vírus Respiratórios, do Departamento de Doenças Infeciosas da mesma entidade.

Os primeiros resultados deste trabalho, realizado pela rede I-MOVE-COVID-19, sugerem que as vacinas contra o SARS-CoV-2 apresentam uma efetividade moderada após a toma da primeira dose (62%) e uma efetividade elevada com o esquema de vacinação completo (89%).

A rede I-MOVE-COVID-19, financiada pelo programa Horizonte 2020, reúne informações epidemiológicas e clínicas sobre doentes com COVID-19, incluindo a caracterização virológica da SARS-CoV-2 em 11 países europeus.

Autor

GCDI | P.PORTO

Partilhar