Entrada > Notícias > P.PORTO recebeu lançamento oficial da app StayAway COVID

P.PORTO recebeu lançamento oficial da app StayAway COVID

ISEP

A app procura ajudar a identificar, de forma rápida, contactos de risco e a quebrar cadeias de contágio do Covid-19


A StayAway COVID é uma aplicação móvel gratuita, de utilização voluntária, que através da proximidade física entre smartphones permite rastrear, de forma anónima, as redes de contágio e informar os utilizadores que estiveram, nos últimos 14 dias, no mesmo espaço de alguém infetado com o novo coronavírus.

O lançamento oficial da aplicação realizou-se na manhã de 1 de setembro, terça-feira, no Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP), escola de Engenharia do P.PORTO com a presença do Primeiro Ministro, António Costa, do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, e da Ministra da Saúde, Marta Temido.

Na apresentação no ISEP, António Costa considerou que a instalação da app é "um dever cívico" no combate, pré-vacina, da pandemia. Numa altura de regressos (às aulas e ao trabalho), e em que vários países temem uma segunda vaga do vírus, o Primeiro Ministro pediu: "Por favor descarreguem a aplicação, não tenham receio", acrescentando também que "temos de estar mais alerta que nunca, não podemos baixar a guarda, não podemos relaxar ou achar que o problema já passou porque o problema não passou."

Também Marta Temida garantiu a segurança e a privacidade dos dados recolhidos. "É confidencial, voluntária e seguro", sublinhou, recordando ainda que "a identificação de contactos é uma intervenção central em saúde pública quando se enfrenta uma doença como esta, caracterizada pelo seu elevado contágio".



A app StayAway COVID — desenvolvida, desde março, pelo INESC TEC, em parceria com o Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) — é o exemplo português de várias outras aplicações de rastreamento de contactos que estão a ser usadas em outros países como mais uma ferramenta no combate à COVID-19. O objectivo é ajudar a identificar, de forma rápida, contactos de risco e a quebrar cadeias de contágio do novo coronavírus.

De resto, a StayAway COVID será brevemente integrada com as suas congéneres europeias que funcionem segundo o mesmo modelo para que o combate possa acontecer além fronteiras, de acordo com as deslocações dos utilizadores. A Direcção-Geral da Saúde é a entidade responsável por gerir o sistema e garantir que o tratamento de dados respeita a legislação europeia e nacional.

A aplicação está disponível para Android e iOS, em versões iguais ou superiores ao Android 6.0 e iOS 13.5. Para mais informações, e instruções de como a app funciona, visite  a página do Serviço Nacional de Saúde.

Autor

GCDI | P.PORTO

Partilhar