Entrada > Notícias > Inauguração do espaço P.ARTES do Politécnico do Porto

Inauguração do espaço P.ARTES do Politécnico do Porto

Presidência

O P.ARTES do P.PORTO inaugura dia 27 de janeiro com a exposição "Resistir com arte, reivindicar o lugar da arte"


P.ARTES é uma iniciativa cultural da Presidência do Politécnico do Porto em colaboração com as suas oito escolas. Tem dois objetivos fundamentais: constituir-se como um espaço formal de promoção e divulgação dos bens e práticas culturais produzidas nas diferentes escolas do P.PORTO; e assumir-se como um ator multifacetado, portador de uma pluralidade de potencialidades artísticas, capaz de interpelar, culturalmente, a comunidade em que se insere e de responder, de uma forma articulada e integrada, às solicitações que se lhe coloquem no seu âmbito de ação - as artes na sua totalidade.

"A ausência de um espaço público comum do Politécnico do Porto, capaz de acolher e captar todas as iniciativas artísticas e culturais da comunidade, foi a génese do P.ARTES, um espaço físico, capaz de expor-nos à comunidade que nos acolhe como um todo artístico e como uma possibilidade ampla de realizar e responder artisticamente a tudo o que nos possam vir a solicitar" - declara Jorge Alexandre Costa, Pró-Presidente do P.PORTO.

O potencial artístico do P.PORTO pode ser, efetivamente, muito mais, desde que não seja, apenas, um resultado da soma das suas diferentes escolas. Para isso, a existência do tal espaço cultural comum, onde todos possam exercer, articular e demonstrar o seu ofício, a sua ciência e a sua arte é um primeiro passo, aparentemente simples, que nos parece fundamental realizar.

O Espaço P.ARTES, instalado na Praça do Marquês do Pombal, n.º94, inaugura a 27 de janeiro, quinta-feira, pelas 18h30, com a exposição Resistir com arte, reivindicar o lugar da arte, uma exposição coletiva de pintura realizada por seis artistas plásticos nacionais — Sá Coutinho, Manuel Porfírio, António Fernando Silva (Xai), Joana Rêgo, António Gonçalves e Domingos Loureiro —, representativos de diferentes estéticas e técnicas pictóricas; uma exposição com modelos de engrenagem, propriedade do Museu do ISEP; a apresentação da curta-metragem experimental Sublima, e uma amostra de objetos oriundos do mundo e da história do teatro, produzidos por estudantes do departamento de teatro da ESMAE.

"Falar de cultura" - declara ainda Jorge Alexandre Costa - "significa valorizar o património artístico, científico e cultural em si mesmo, bem como as suas práticas quotidianas, as significações hierarquizadas e os esquemas de percepção de âmbito cultural e educacional engendrados pela comunidade para a descrição e compreensão distintiva do mundo. É nesta dupla forma de valorização, dos objetos e das práticas culturais, que se insere o imaginário do P.ARTES um espaço que procura resistir com arte às diferentes adversidades, sejam estas de origem interna ou externa, e reivindicar, de forma permanente, um lugar para esta arte."

Horário Visitas livres de terça a sexta-feira, das 14h30 às 18h30 (úlima entrada meia hora antes do encerramento), mediante marcação prévia para o e-mail .


Catálogo

Autor

GCDI | P.PORTO

Partilhar