Entrada > Notícias > Estudante bolseiro deslocado passa a pagar numa Residência P.PORTO o mesmo valor do complemento de alojamento que recebe do Estado

Estudante bolseiro deslocado passa a pagar numa Residência P.PORTO o mesmo valor do complemento de alojamento que recebe do Estado

Acção Social

Esta é uma nova medida social ativa, de proximidade e preocupação contínua com o estudante do P.PORTO.


O Conselho de Ação Social do Politécnico do Porto, composto pela Vice-Presidente Delminda Lopes, pelo Administrador dos SAS, Paulo Ferraz, pelo Representante dos Estudante Não Bolseiros, José Diogo Pimentel, e pelo Representante dos Estudantes Bolseiros, Rui Soares, aprovou por unanimidade na passada segunda-feira, 27 de junho, uma medida de grande importância para os seus estudantes bolseiros deslocados: o valor do alojamento a pagar será o mesmo do complemento a que têm direito no âmbito do Regulamento de Bolsas (73,36€).

Esta mudança, em linha com a orientação estratégica definida pela Presidente do P.PORTO, Rosário Gambôa, foi objeto de deliberação favorável pelo Conselho de Gestão. Esta medida irá abranger mais de 250 estudantes do P.PORTO
(mais de 80%), dos 304 a alojar, e entra em vigor já no próximo ano letivo — um valor único e não depende da tipologia de quarto atribuído aos estudantes.

O Conselho
de Ação Social considerou, no cumprimento e valorização do princípio da equidade, que esta medida permite não agravar a situação financeira de um estudante carenciado e não distingue em função da tipologia de quarto que lhe é atribuída.

Autor

miguel.carvalho@sc.ipp.pt

Partilhar