Entrada > Notícias > Embaixador Alumni: Vanessa Pires

Embaixador Alumni: Vanessa Pires

ESMAE

Convidamos todos os antigos estudantes do Politécnico do Porto a fazerem como a Vanessa e juntarem-se a este evento, que decorre a 6 de julho


Um episódio que se recorde durante a vida académica?
Enquanto estudante da ESMAE (1998-2003) fiz parte da Associação de Estudantes e, por isso, para além do envolvimento normal que tinha enquanto estudante, tive também um contacto mais direto com a direcção da escola e do P.PORTO. Tenho inúmeros episódios dignos de ser contados, uns cómicos, outros mais emotivos, mas todos são muito especiais, assim como foram todos os anos que em que estudei na ESMAE. Posso salientar, por exemplo, a viagem que fizemos a Roterdão, na Holanda, para tocar com a então Sinfonieta, a Orquestra Sinfónica da ESMAE, dirigida pelo maestro António Saiote. A viagem foi interessante para os estudantes de violoncelo, especialmente porque não nos pagaram os bilhetes para viajarmos com os nossos violoncelos na cabine do avião, por isso não pudemos levar os nossos instrumentos e tivemos de tocar com instrumentos disponibilizados pela organização dos concertos na Holanda — o que acontece é que esses instrumentos não eram do tamanho normal, eram de criança! Podem imaginar o jogo de cintura e grande sentido de humor que tivemos de ter para fazer concertos com esses instrumentos, sobretudo porque a peça que tocávamos era uma das mais difíceis peças do repertório sinfónico, Petruschka de Stravinsky. Essa viagem foi ainda um excelente momento de confraternização entre colegas e professores, momentos únicos que me marcaram bastante e me deram experiência muito útil para entrar no mercado de trabalho.

O que representa para si ser embaixador do Encontro Alumni?
É um grande orgulho poder representar a ESMAE neste encontro pois reconheço na ESMAE um grande escola artística, sendo até, a meu ver, a melhor em Portugal. Significa ainda que servirei de elo de ligação entre o P.PORTO e os seus alumni, incorporando este espírito de partilha e de cooperação que vejo latente na organização deste encontro e no espírito do P.PORTO.

Que expectativas tem para este primeiro encontro de antigos estudantes?
Espero reencontrar velhos amigos e fazer amigos novos, ainda que de outros cursos/áreas. A criação de uma rede de antigos estudantes do P.PORTO dá-nos a possibilidade de partilhar o terreno comum em que todos florescemos e em que nos tornamos empreendedores. Este iniciativa é, portanto, de máxima importância e demonstrativa de uma instituição muito saudável.

inscrições para o encontro alumni


Mais informações para o email do Gabinete Alumni em .

Autor

CCIC | P.PORTO

Partilhar