Entrada > Notícias > Começou o LAPASSION@Santiago

Começou o LAPASSION@Santiago

ISEP

O projeto LAPASSION, liderado pelo Politécnico do Porto, arrancou a 2 de abril em Santiago do Chile e decorre até 8 de junho.


Começou no dia 2 de abril o LAPASSION@Santiago, o primeiro conjunto de projetos multidisciplinares enquadrados no LAPASSION (Latin-America Practices and Soft Skills for an Innovation Oriented Network), um projeto de Capacity Building do Programa Erasmus+ que é liderado pelo Politécnico do Porto e envolve mais 14 parceiros de Portugal, Espanha, Finlândia, Brasil, Chile e Uruguai.

Este é o maior projeto do Politécnico do Porto no Erasmus+, com um financiamento de cerca de um milhão de euros, e visa o desenvolvimento de projetos multidisciplinares por parte de grupos de estudantes de diferentes graus académicos, áreas e países. O responsável pelo projeto é o professor Carlos Ramos.

O primeiro lote de projetos multidisciplinares decorre em Santiago do Chile e envolve 36 estudantes, incluindo dois do Politécnico do Porto. O LAPASSION@Santiago decorre entre 2 de abril e 8 de junho, durante dez semanas, e o projeto visa responder ao desafio de “Como melhorar as condições de vida dos idosos?”. Ana Sofia Monteiro Oliveira e Eduardo José Silva Carvalho Vieira, alunos do 1.º ano do Mestrado em Computação e Instrumentação Médica do Instituto Superior de Engenharia do Porto fazem parte deste projeto.

Eduardo trabalhou no processamento digital de sinais, com filtragem, segmentação e classificação. Fez um projeto de fim de curso com classificação de sinais de eletromiografias e usando técnicas de Inteligência Artificial e diz que vai dedicar o seu tempo em Santiago para garantir que o projeto desenvolva e contribua significativamente para o cumprimento do desafio enunciado. Já Ana Sofia refere que está determinada em estudar mais sobre o envelhecimento da população, na promoção de uma saúde sustentada, na melhoria da qualidade de vida e na disponibilização de recursos sociais e económicos.

Carlos Ramos refere que os dois alunos irão encontrar estudantes de Informática, Mecânica, Eletrónica, Civil, Design, Saúde, Administração, Ciências Biológicas, Agroalimentar e Artes de 12 outras instituições de seis países. Ao todo, o LAPASSION financiará 84 mobilidades de estudantes para este tipo de projetos que decorrerão em Santiago (Chile), Montevideu (Uruguai) e em cinco cidades do Brasil (Pelotas, Uberaba, Goiânia, São Luís do Maranhão e Manaus). Do P.PORTO serão financiadas 16 mobilidades de estudantes.

Autor

gabriela.pocas@sc.ipp.pt

Partilhar