Entrada > Notícias > Concerto de Música Antiga na ESMAE

Concerto de Música Antiga na ESMAE

ESMAE

A sala 210 da ESMAE, escola de Artes do Politécnico do Porto, apresentou, dia 8 de junho, duas cantatas litúrgicas de Bach


A Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE) apresentou no sábado, dia 8 de junho, um concerto de Música Antiga dedicada a duas cantatas litúrgicas de Johann Sebastian Bach (1685-1750), célebre músico, compositor e organista alemão.

Um dos géneros mais importantes da música vocal do período barroco, a cantata foi apropriada pelo luteranismo assumindo um pendor dramático, sempre em torno de temáticas emprestadas das escrituras, mas por intermédio da língua vernácula e de uma poética mais livre.

Nach dir, Herr, verlanget mich, BWV 150 (A Ti, Senhor, elevo a minha Alma), de  Johann Sebastian Bach, é uma cantata litúrgica do compositor em sete andamentos, intersectada por duas árias, cujo texto alterna entre versos dos Salmos (PS25) e um libretista desconhecido. Também Ich steh mit einem Fuß im Grabe, BWV 156, ou Cantata do 3.º Domingo depois da Epifania, foi composta em sete andamentos.

Com uma obra prolífica cuja produção abrange praticamente todos os géneros musicais da sua época, exceto os dramáticos da ópera, Bach compôs um gigantesco acervo de peças sacras: mais de duzentas cantatas, vários motetos, cinco missas, três oratórios e quatro paixões, sendo que a mais famosa delas, A Paixão Segundo São Mateus (1729), ficou conhecida como uma obra-prima da música ocidental. 

Apesar de proeminente, a sua arte não ficou restrita à igreja protestante. Na sua obra também há uma missa católica, a Missa em Si menor, composta em 1717, na corte do Príncipe Leopold em Cöthen. Aliás, nos anos que passou ao serviço das cortes, Bach compôs uma infinidade de trabalhos para a música instrumental: centenas de peças para solo de teclado, suítes orquestrais de dança, trio de sonatas para diversos instrumentos, e concertos para vários instrumentos e orquestra. Destes, os mais famosos são o seis concerti grossi compostos para o duque de Brandenburgo, em 1721, que ficou conhecido como Concerto de Brandenburgo.

Com direção artística de Pedro Sousa Silva, o concerto foi interpretado pelos estudantes do Curso de Música Antiga da ESMAE, com o apoio de estudantes do Curso de Teatro, Luz e Som.

Autor

CCIC | P.PORTO

Partilhar