Entrada > Notícias > Alumni do P.PORTO vence Prémio Jovem Biofísico 2021

Alumni do P.PORTO vence Prémio Jovem Biofísico 2021

ISEP

Ana Rita Araújo, alumni do ISEP, escola de Engenharia do P.PORTO, foi distinguida no âmbito da descoberta de um composto da cortiça que pode ajudar no combate ao Alzheimer


Ana Rita Araújo, alumni do Instituto Superior de Engenharia do Porto, escola de Engenharia do P.PORTO, e investigadora do Grupo de Investigação 3B’s, foi distinguida com o Prémio Jovem Biofísico 2021, atribuído pela Sociedade Portuguesa de Biofísica. O prémio é referente ao artigo “Vescalagin and castalagin reduce the toxicity of amyloid-beta42 oligomers through the remodelling of its secondary structure”, desenvolvido no âmbito do doutoramento realizado no 3B’s Research Group.

A investigadora explica que o intuito do trabalho desenvolvido passou pela "extração de compostos naturais, neste caso a cortiça, e perceber os efeitos deles na perspectiva da doença de Alzheimer". "No fundo, consegui provar que estes compostos extraídos da cortiça têm uma capacidade de inibir a formação de placas beta-amilóide, que é encontrada em doentes de Alzheimer. Ao inibir esta organização de peptídeo [estruturas formadas com base na ligação entre duas ou mais moléculas de aminoácidos] faz com que seja menos tóxico e que possa provocar, com mais investigação no futuro, na inibição da doença", explica.   

Numa fase inicial da investigação, Ana Rita Araújo salienta que este pode ser o "primeiro passo para uma descoberta importante" no combate ao Alzheimer, sendo que ainda não foi testado em modelo animal. "Isso requer outro tipo de trabalho que será no futuro desenvolvido, pois queremos continuar com este projecto. É preciso entender, num nível mais biofísico, como podemos inibir a agregação deste peptídeo, quais são as estratégias que podemos usar e que este compostos são bioactivos nestas condições. Isto faz com que seja uma descoberta relevante para a área", referiu Ana Rita Araújo.

A investigadora do I3B’s vai agora apresentar o estudo no Congresso da Sociedade Portuguesa de Biofísica, que irá decorrer em Coimbra, via Zoom.

Autor

GCDI | P.PORTO

Partilhar