Entrada > Notícias > 14 estudantes do IFSC integram grupos de investigação do P.PORTO

14 estudantes do IFSC integram grupos de investigação do P.PORTO

ISEP

O Instituto Federal de Santa Catarina enviou 14 estudantes para projetos I&D no Instituto Superior de Engenharia do Porto e na Porto Design Factory.


O Grupo de Investigação em Engenharia e Computação Inteligente para a Inovação e o Desenvolvimento (GECAD) do Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP) foi a unidade que recebeu mais alunos do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC). Gabriela Telles, Lucas Lima e Alyne Kautnick integram o projeto TheRoute, que visa o desenvolvimento de um sistema orientado para a geração de rotas de turismo e património, orientado pelo Prof. Carlos Ramos. A supervisão dos projetos é garantida pelos professores Filipa Brandão, Goreti Marreiros e Constantino Martins. Este é um projeto transversal, com a participação de vários estudantes do P.PORTO.

Vinícius Folganes, Nelson Ramos e Mateus Sampaio, estudantes da da área de eletrotecnica/eletrónica, integram SMARTENESSSmart Energy Sustainable System, que visa desenvolver sistemas inteligentes aplicados à área da energia, com vertentes que cubram as energias renováveis e os edifícios inteligentes.O SMARTNESS vem na sequência do ELECON, projeto europeu coordenado pelo P.PORTO, que envolveu quatro parceiros no Brasil, incluindo o IFSC. A coordenação é da Profª Zita Vale com supervisão do Engº Luís Gomes.

Monica Schmitt, da área da agroindústria, Maria Luiza Coutinho e Rafaela Prade, da área da química, integram o Grupo de Reação de Análises Químicas (GRAQ) num projeto de extração de compósitos fenólicos para valorização de resíduos agro-alimentares. Isadora Paravisi está ligada ao projeto GMOsensor que visa o desenvolvimento de sensores para deteção de organismos geneticamente modificados. O projeto GMOsensor é um projeto de pesquisa da União Europeia que envolve vários países Europeus, o Brasil e a Argentina. A coordenação é da Professora Cristina Matos.

Letícia Coelho e Matheus Branco integram o Centro de Investigação em Engenharia e Tecnologia Industrial (CIETI), num projeto europeu coordenado pelo Politécnico do Porto, o VISIR+, que envolve vários parceiros europeus e instituições do Brasil e Argentina, entre as quais o IFSC. Este projeto visa criar laboratórios remotos, e é coordenado pelo Prof. Gustavo Alves.

Veridiana de Meo e Bruno Cunha desenvolvem o HEADS (Health Devices and Systems) na Porto Design Factory, projeto que cruza áreas transversais, do design, à engenharia e saúde com o objetivo de criar novos dispositivos médicos. Vários docentes do P.PORTO estão a participar na orientação de Veridiana e Bruno, entre eles os professores Telmo Carvalho (ESMAD – Design), Lino Figueiredo (ISEP – Eletrónica) e Rubim Santos (ESS – Saúde).

Ao longo dos últimos anos o IFSC já enviou quase uma centena de estudantes para o P.PORTO. A frequência decorre num período compreendido entre três e quatro meses.

Autor

gabriela.pocas@sc.ipp.pt

Partilhar