Entrada > Notícias > Cidade distingue duas figuras do Politécnico do Porto

Cidade distingue duas figuras do Politécnico do Porto

Presidência

Rosário Gambôa, antiga presidente do Politécnico do Porto e Fernando Gomes, membro do Conselho Geral da mesma instituição, foram distinguidos com a medalha de mérito da CMP


Dia 9 de julho, como já é tradição, o Município do Porto distingue as personalidade que melhor se distinguiram no meio político, cultural, académico e desportivo, bem como instituições que se têm evidenciado na construção de uma cidade melhor.

Entre os 23 homenageados estão duas figuras incontornáveis da história da cidade e do Politécnico do Porto, condecoradas com a medalha Municipal de Mérito, grau ouro.

Rosário Gambôa, primeiro como vice-presidente e depois como presidente do Politécnico do Porto, é homenageada pelo desempenho “de funções relevantes no ensino politécnico universitário, na academia, na investigação, na cultura e na ação cívica.”

Fernando Gomes, antigo estudante do Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto (ISCAP), escola de Ciências Empresariais do Politécnico do Porto, e membro do Conselho Geral da instituição, foi homenageado pelas suas atividades no campo desportivo, entre as quais a presidência da Liga Portuguesa de Futebol e a presidência da Federação Portuguesa de Futebol. “Foi, pois, sob a sua presidência” -  reconhece a autarquia – “que a FPF apresentou a candidatura do Porto à receção da Supertaça Europeia em 2020, com sucesso”.

Para Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal, a cidade do Porto tem um “estilo próprio de cidadania” que permite "olhar o futuro com confiança e otimismo". Estas distinções – declara o autarca – "consagram aqueles que melhor interpretam as virtudes da cidadania portuense”, acrescentando: -  “É a admiração que nos move a condecorar instituições, mulheres e homens, demonstrar-lhes a nossa gratidão, em nome de todos os portuenses e em nome da cidade".

A par de Rosário Gambôa e Fernando Gomes, foram distinguidas mais 23 personalidades e instituições, entre os quais o arquiteto Gomes Fernandes, a coreógrafa Né Barros, o jornalista e crítico César Príncipe ou o Movimento Democrático das Mulheres. A medalha de honra da cidade foi para Rui Veloso e Jorge Nuno Pinto da Costa.

 

 

Autor

CCIC| P.PORTO

Partilhar