Entrada > Notícias > Vila do Conde apresenta Rota do Pescador

Vila do Conde apresenta Rota do Pescador

ESEIG

Logótipo foi criado por aluna da licenciatura de Design do P.PORTO.


No passado dia 31 de maio, associando-se ao Dia Nacional do Pescador, o Mercado Municipal das Caxinas foi o local escolhido pela Junta de Freguesia de Vila do Conde para acolher a apresentação pública do projeto A Rota do Pescador.

Com o objectivo de recolher, registar, preservar mas também de recriar tradições daquela comunidade piscatória, a apresentação iniciou-se com uma recriação, promovida por dezenas de mulheres das Caxinas, que trajadas a rigor desmalharam a sardinha, soltaram o pregão e leiloaram o peixe, fazendo-nos recuar aos tempos em que a venda do peixe, a troco de algumas moedas, era o sustento de numerosas famílias piscatórias.

Perante o Mercado Municipal das Caxinas repleto, Maria Alcide Aguiar, presidente da junta, destacou a mais-valia que representa a parceria estabelecida com a Escola Superior de Estudos Industriais e de Gestão do Politécnico do Porto, que em seu entender permitirá “desenvolver e internacionalizar este projeto, projetando a cultura piscatória e marítima de Vila do Conde no mundo, assim como promover um modelo de turismo baseado na tradição, herança e património local”.

A representar o P.PORTO esteve Milena Carvalho, docente e coordenadora do projeto, que começou por dar a conhecer o trabalhado já realizado, dele destacando as entrevistas a elementos dos núcleos piscatórios de Vila do Conde, Caxinas e Poça da Barca, realizadas por alunos da licenciatura de Ciências Tecnologia de Informação e Documentação.

Milena Carvalho elencou também alguns dos objetivos a prosseguir, como a criação de um sítio eletrónico “onde estará presente toda a informação que tem vindo a ser recolhida relacionada com o património informacional, cultural, gastronómico, religioso, arquitetónico, naval e conserveiro, assim como o registo audiovisual de testemunhos de pescadores no ativo e na reforma” e de um “percurso turístico que acrescentará mais vida à cidade, através da sinalização do património edificado, lugares, pessoas e bens.

O logótipo da iniciativa foi criado pela aluna da licenciatura de Design, Susana Maia, depois de um processo de participação que envolveu docentes e quase três dezenas de alunos. Destaque ainda para os alunos do curso de Gestão de Hotelaria e Catering que preparam um delicioso momento gastronómico tendo como elementos centrais o peixe e os produtos do mar.

Autor

miguel.carvalho@sc.ipp.pt

Partilhar