Entrada > Notícias > Estudante da ESE salva vida a adversário em jogo de futebol

Estudante da ESE salva vida a adversário em jogo de futebol

ESE

Henrique Vieira, jogador do Penafiel B e estudante da ESE, escola de Educação do Politécnico do Porto, salvou a vida de um adversário em campo


Pode um estudante de mestrado da Escola Superior de Educação (ESE), sem formação em medicina ou qualquer formação em pequenos socorros, salvar a vida de uma pessoa em estado crítico?

Foi o que aconteceu no passado fim-de-semana, durante um jogo da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto.

Apesar da derrota da equipa por 3-1, no campo do Águias de Eiriz, o jogador do Penafiel B foi o herói do jogo, quando o instinto de vida e os rápidos reflexos salvaram a vida de um adversário caído em campo, em convulsões e risco de asfixia.

Na sequência de uma violento choque de cabeças, que deixou o lateral direito da equipa da casa muito mal tratado, Tiago Gonçalves, de 27 anos, caiu desamparado. E foi então que Henrique teve a intervenção decisiva.

Ao reconhecer o perigo da asfixia, Henrique prontamente puxou-lhe a língua, que estava enrolada. Em consequência - conta -  "ficou com a mão inchada" e passou uma noite sem dormir. “Só me vinha a imagem do Tiago. Felizmente tudo acabou bem.”

No final da partida, o presidente do Águias de Eiriz apressou-se a agradecer ao avançado, consciente que a ajuda do atleta foi crucial. O reconhecimento da atitude em campo foi visto com bons olhos pelo dirigente que considera que é preciso "haver mais atitudes destas no futebol". Na rede social Twitter, o clube do Penafiel agradeceu a rápida assistência de Henrique Vieira. "Obrigado Henrique por honrares os nossos valores", pode ler-se na publicação.

Henrique Vieira tem 21 anos, estuda para “ser professor”, está a tirar o mestrado em inglês/espanhol. O Henrique salvou uma vida.

A comunidade do Politécnico do Porto tem orgulho em ti.

Autor

CCIC | P.PORTO

Partilhar