Entrada > Notícias > Embaixadora do Brasil visita o P.PORTO

Embaixadora do Brasil visita o P.PORTO

Presidência

A embaixadora Maria Dulce Barros visitou o Politécnico do Porto e respondeu a questões dos nossos estudantes brasileiros


O Politécnico do Porto recebeu, no dia 2 de dezembro, a embaixadora Maria Dulce Barros, do Consulado Geral do Brasil no Porto. No âmbito de um conjunto de visitas informais do consulado às instituições de ensino superior do Norte de Portugal, a embaixadora, acompanhada pelo Presidente do Politécnico do Porto, João Rocha, e pelo Pró-Presidente para a Internacionalização, José Carlos Quadrado, apresentou uma sessão de esclarecimento sobre as mais diversas funções consulares no apoio e assistência aos estudantes brasileiros.

Atualmente o Politécnico do Porto tem mais de 600 estudantes de nacionalidade brasileira a frequentar licenciaturas e mestrados. Muitos desejam continuar os estudos em Portugal, desenvolver projetos ou ficar aqui a viver.

Maíra, a frequentar o mestrado em Gestão de Recursos Humanos no Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto (ISCAP), a escola de Ciências Empresariais do Politécnico do Porto, é um desses exemplos. Natural de Belo Horizonte, Maíra já conhecia o Porto e apaixonou-se pela cidade que acha particularmente poética, "sobretudo no outono, com as folhas todas estendidas no chão, é muito bonito de ver".

Gabriella também gostaria de permanecer no Porto e tem já vários projetos desenhados. A frequentar o Mestrado em Cinema Documental na Escola Superior de  Media Artes e Design (ESMAD), a escola de Media e Design do Politécnico do Porto, Gabriella gostaria de ter oportunidade de apresentar o resultado do seu trabalho aqui. Para ela, a experiência em Portugal tem sido muito positiva, assinalando que "o Politécnico do Porto acolheu-me muito bem de um ponto de vista académico". 

Maria Dulce Barros respondeu às muitas dúvidas dos estudantes brasileiros, que foram desde questões gerais como a solicitação da transferência de do título eleitoral para o exterior, a solicitação do PB4 (o seguro de saúde gratuito do governo brasileiro), à possibilidade de obtenção de bolsas de estudo ou a simples partilha de experiências académicas. 

A embaixadora faz um balanço muito positivo da sessão, reiterando que estudar no Politécnico do Porto e em Portugal é uma vantagem para o estudante brasileiro "não só pelos laços que unem os dois países, mas também pelo posicionamento económico de Portugal na Europa, cada vez mais forte".

O encontro propiciou ainda uma reunião entre o consulado e a presidência, em que foram abordadas colaborações futuras.

Autor

CCIC | P.PORTO

Partilhar