Entrada > Um de Nós 2019 > Um de Nós | Eduardo Madeira

Um de Nós | Eduardo Madeira

ESMAD

Eduardo Madeira acredita que nada acontece por acaso e estuda Tecnologias e Sistemas de Informação para a Web na ESMAD, escola de Media Artes e Design do Politécnico do Porto


PORQUE ESCOLHESTE A ESMAD?
Escolhi a Licenciatura em Tecnologias e Sistemas de Informação para a Web, porque é uma área com futuro e porque acaba por ser a continuação do curso profissional que tirei no secundário (Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos).

QUAIS AS ATIVIDADES A QUE TE DEDICAS ALÉM DOS ESTUDOS? 
Além dos estudos, gosto de estar com os meus amigos, sou escuteiro, gosto de ver televisão e ouvir rádio, gosto de observar o espaço que me rodeia e gosto de conduzir enquanto ouço música.

COMO RECORDAS OS PRIMEIROS DIAS NA ESCOLA?
Os meus primeiros dias na ESMAD foram marcados por conhecer novas pessoas, habituar-me às longas viagens de metro e conhecer melhor Vila do Conde.

PARA TI, QUAL O LUGAR MAIS ESPECIAL DESTA ESCOLA?
O lugar mais especial desta escola é o seu espaço exterior, nomeadamente a zona do relógio.

CONTA-NOS UM EPISÓDIO MARCANTE? 
Um episódio marcante vivido na ESMAD foi sem dúvida ter sido voluntário da MAD Summer School, pois acabei por conhecer novas pessoas. Foi marcante também porque pude interagir com os docentes e funcionários fora do contexto ”sala de aula”.

O QUE TORNA A TUA ESCOLA ÚNICA?
O local onde se encontra e as pessoas.

COMO TE VÊS DAQUI A 20 ANOS?
Vejo-me a olhar para trás e pensar no que podia ter feito e no que podia ter feito de maneira diferente, mas daqui a 20 anos, espero ter a minha carreira profissional e ser reconhecido pelo meu trabalho. Quem sabe já tenha a minha própria empresa. O destino lá me irá guiar pelo melhor caminho, pois nada acontece por acaso!


A rubrica  
Um de Nós representa um espaço de partilha de experiências, ideias, histórias, e projetos, com uma breve entrevista a estudantes, docentes e não-docentes. É nossa convicção que cada Escola guarda — nos seus bastidores, salas, corredores e gabinetes — muitos rostos e talentos.  Queremos ser a voz de cada um de nós porque as grandes histórias por vezes estão mais próximas do que imaginamos.

Autor

CCIC | P.PORTO

Partilhar