Entrada > Notícias > Brasil lança programa de alfabetização com o P.PORTO

Brasil lança programa de alfabetização com o P.PORTO

Presidência

A apresentação pública deste programa, organizada pelo Ministro da Educação do Brasil e pelo CAPES, decorreu, dia 28 de abril, em formato virtual


No âmbito do protocolo que o Politécnico do Porto tem firmado com o Ministério de Educação do Brasil, o Centro de Investigação e Intervenção na Leitura (CiiL) — centro de I&D do Politécnico do Porto — está a fornecer um curso aos professores do ensino básico daquele país.

A apresentação pública deste curso, com o nome "Alfabetização Baseada na Ciência" (ABC), aconteceu no dia 28 de abril, de forma virtual, e teve como participantes o Ministro da Educação do Brasil, o Presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e o Secretário de Estado da Alfabetização do Brasil.

O curso teve início a 11 de janeiro de 2021 e tem uma duração prevista de 160 horas, em Ambiente Virtual de Aprendizagem do MEC (Avamec). Vídeos, materiais de leitura e estratégias de estudo concebidos de acordo com os princípios da gamificação e dos recursos abertos compõem o plano do curso.

Ana Sucena, Ana Filipa Silva, Maria José Mata e Cristina Garrido, investigadoras do CiiL, encaram com natural entusiasmo a concretização de um programas desenhados e testados em contexto nacional atravessar agora o Atlântico. "O objetivo de promover o sucesso desde o início da aprendizagem da leitura baseia-se no conhecimento inequívoco de que muitos percursos de dificuldades de aprendizagem podem ser evitados se a criança experimentar sucesso ao início da aprendizagem", defendem, garantido ainda que têm como expectativa que esta formação "venha a ser um contributo para a ação no terreno de educadores e professores, na tarefa decisiva a cada indivíduo e à Humanidade (a que aspiramos), de educação".


O curso ABC é a primeira ação da parceria, que contará também com capacitação presencial de profissionais da educação brasileira, e propõe uma qualificação de nível internacional aos profissionais da alfabetização, conjugando a teoria e a prática. A iniciativa é parte do Tempo de Aprender, programa de alfabetização escolar, e foi viabilizada por meio de uma cooperação internacional entre a Capes, a Secretaria de Alfabetização do MEC, a Universidade do Porto (UP), o Politécnico do Porto (P.PORTO) e a Universidade Aberta de Portugal (UAb).

A parceria prevê, além da formação a distância, levar professores alfabetizadores a Portugal em 2021 e 2022. Neste ano, o curso foi convertido para a modalidade virtual dado o isolamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Autor

GCDI | P.PORTO

Partilhar