Entrada > Ensino > CURSOS > tesp > ESTG > Curso Técnico Superior Profissional em Redes e Sistemas Informáticos

Curso Técnico Superior Profissional em Redes e Sistemas Informáticos

O Curso Técnico Superior Profissional em Redes e Sistemas Informáticos é um novo tipo de formação superior, com a duração de dois anos que inclui seis meses de estágio numa empresa. Confere o Diploma de Técnico Superior Profissional e é um curso de Nível 5 do Quadro Nacional de Qualificações.

Este curso desenvolve as competências técnicas específicas para iniciar uma atividade profissional; Proporciona formação de nível superior; Confere um diploma de natureza superior e profissional;É uma formação identificada como necessária e, por conseguinte, que te proporciona bom potencial de empregabilidade; Faculta a integração imediata num contexto de trabalho, através de estágio; Confere acesso privilegiado, e sem a necessidade de realizar exames nacionais, a licenciaturas da ESTGF. O plano de estudos da licenciatura usufrui de creditação de unidades de formação para o efeito (equivalências).

O curso Técnico Superior Profissional em Redes e Sistemas Informáticos visa formar profissionais capacitados para realizar tarefas de instalação, configuração e manutenção de redes e sistemas informáticos de apoio às diferentes áreas da organização, e assegurando a sua manutenção e funcionamento de modo otimizado e seguro. Em particular, os alunos do curso Técnico Superior Profissional em Redes e Sistemas Informáticos ficarão aptos a: Planear a arquitetura de rede e os protocolos mais adequados à situação e às necessidades da organização; Gerir ameaças à segurança; Elaborar ferramentas para efetuar a gestão administrativa em redes de computadores;

Instalar e configurar sistemas operativos, servidores, serviços e periféricos da rede, utilizando procedimentos e instrumentos adequados; Instalar, configurar e administrar plataformas de correio eletrónico e serviços web;

Planear a arquitetura da rede, os serviços e os protocolos; Planear domínios e serviços de diretoria informática em ambiente empresarial; Planear e implementar políticas e procedimentos de segurança dos sistemas e da informação, incluindo redes, sistemas e bases de dados; Planear, instalar, configurar, administrar e dar suporte a um sistema de bases de dados estruturadas; Gerir e realizar suporte a infraestruturas de rede; Gerir utilizadores e computadores de forma centralizada; Proceder ao teste global do funcionamento da rede, utilizando procedimentos e instrumentos adequados; Projetar, instalar e configurar infraestruturas de rede, usando a tecnologia e procedimentos mais adequados; Desenvolver algoritmos informáticos.

 

Diurno
Acreditado por: Acreditado preliminarmente em
Área CNAEF: 481 - Ciências informáticas

Consultar relatórios em www.a3es.pt

Número: R/Cr 104/2015
Data:
10/06/2015
N.º Despacho/Portaria: Aviso n.º830/2016
Data:
26/01/2016
Unidade Ano Período
Programação I 1 Semestral
Matemática 1 Semestral
Língua Portuguesa 1 Semestral
Sistemas Operativos Servidor - Plataforma Open Source 1 Semestral
Aplicações Informáticas de Escritório 1 Semestral
Base de Dados I 1 Semestral
Língua Inglesa 1 Semestral
Introdução Aos Sistemas Operativos 1 Semestral
Redes e Comunicação de Dados I 1 Semestral
Redes e Comunicação de Dados II 1 Semestral
Sistemas Operativos Servidor - Plataforma Proprietária 1 Semestral
Hardware de Computadores 1 Semestral
Programação II 2 Semestral
Projeto Integrado 2 Semestral
Segurança de Sistemas Informáticos 2 Semestral
Gestão Avançada de Servidores 2 Semestral
Estágio 2 Semestral
Base de Dados II 2 Semestral
Redes e Comunicação de Dados III 2 Semestral
  • Administrador de Redes e Sistemas Informáticos
  • Operador de Helpdesk
  • Técnico Superior Profissional de Informática.

Os titulares de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente;

Os estudantes aprovados nas provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, realizadas para o curso em causa;

Os estudantes que, tendo obtido aprovação em todas as disciplinas dos 10.º e 11.ºanos de um curso de ensino secundário, ou de habilitação legalmente equivalente, e não tendo concluído o curso de ensino secundário, sejam considerados aptos através de prova de avaliação de capacidade realizada no P.Porto, para o curso em causa;

Os titulares de um diploma de especialização tecnológica (DET), de um diploma de técnico superior profissional (DTeSP) ou de um grau de ensino superior, que pretendam a sua requalificação profissional.

A informação disponibilizada nesta página não dispensa a consulta do Website de acesso ao ensino superior do Ministério da Ciência e Educação - http://www.dges.mctes.pt/DGES/pt/Estudantes/Acesso/