Entrada > Ensino > CURSOS > licenciaturas > ISEP > Licenciatura em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores

Licenciatura em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores

Licenciatura: 3 anos ( 180 unidades ECTS ) A engenharia eletrotécnica permite-nos desenvolver equipamentos e sistemas que processam informação, comunicam e interagem com os seres humanos e o meio ambiente. Do desenvolvimento de sensores inteligentes à nanotecnologia e microchips, passando por consolas de videojogos, telemóveis, computadores portáteis, redes sociais e tecnologias wireless ou mesmo nos drones e na robótica para exploração espacial, a engenharia eletrotécnica ajuda-nos a ligar o mundo. Com a licenciatura em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, o ISEP forma profissionais para as áreas dos computadores, robótica e telecomunicações. O curso tem uma forte componente prática e um método de ensino-aprendizagem dinâmico, que desenvolve conhecimentos nas ciências base e explora tendências emergentes ao nível dos circuitos eletrónicos, tecnologias de rede, automação e sistemas digitais. De modo a preparar os licenciados para uma rápida integração no mundo profissional, os finalistas são desafiados a desenvolverem o projeto final do curso em empresas ou grupos de investigação. Recentemente, estudantes de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores realizaram projetos sobre veículos subaquáticos, sistemas de controlo para submarinos e robôs futebolistas, sondas estratosféricas, visão artificial, consolas de navegação automóvel, o telecomando da barragem de Fronhas, entre outros exemplos. Grau conferido Licenciado/a em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores Horários Os estudantes podem optar por frequentar o curso em horários diurnos ou pós-laborais e em regime integral ou parcial. Parcerias Nos últimos anos, finalistas da licenciatura em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores desenvolveram o projeto final de curso em empresas como a EDP , PT , Efacec , Bosch , Evoleo Technologies , Nanium , EngVirtual , Sysadvance , Adira e em grupos de investigação como o INESC TEC e GECAD , entre outros. Protocolo de dupla titulação com a Universidade Tecnológica Federal do Paraná . Continuidade de estudos no ISEP Mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores

 

diurno-horario-pos-laboral
Número: 9112
Data:
01/01/2001
N.º Despacho/Portaria: 12 806/2006
Data:
20/07/2006
1º Ano
Unidade curricular Período ECTS
Álgebra Linear e Geometria Analítica 1º Semestre
Algoritmia e Programação 1º Semestre
Fundamentos da Engenharia Electrotécnica 1º Semestre
Gestão 1º Semestre
Matemática I 1º Semestre
Projeto de Engenharia em Eletrotecnia 1º Semestre
Desenvolvimento de Aplicações Computacionais 2º Semestre
Electrónica I 2º Semestre
Física Experimental 2º Semestre
Matemática II 2º Semestre
Sistemas Digitais 2º Semestre
Teoria dos Circuitos 2º Semestre
2º Ano
Unidade curricular Período ECTS
Electromagnetismo 1º Semestre
Electrónica II 1º Semestre
Estatística 1º Semestre
Microprocessadores e Microcontroladores 1º Semestre
Sinais e Sistemas 1º Semestre
Eletrónica Aplicada 2º Semestre
Máquinas Eléctricas 2º Semestre
Sistemas Computacionais 2º Semestre
Telecomunicações 2º Semestre
Teoria dos Sistemas 2º Semestre
3º Ano
Unidade curricular Período ECTS
Comunicação de Dados 1º Semestre
Electrónica de Potência 1º Semestre
Laboratório de Sistemas 1º Semestre
Sistemas de Energia e Energias Renováveis 1º Semestre
Vibrações e Ondas 1º Semestre
Projeto / Estágio 2º Semestre
Sistemas Computacionais Avançados 2º Semestre
Sistemas Electromecânicos 2º Semestre
Automação e Controlo (opcional) 2º Semestre
Comportamento Organizacional (opcional) 2º Semestre
Controlo Digital (opcional) 2º Semestre
Eletrónica nos Sistemas de Áudio e de Som (opcional) 2º Semestre
Sistemas de Telecomunicações na Aeronáutica (opcional) 2º Semestre
Sistemas e Planeamento de Informação (opcional) 2º Semestre
Sistemas Móveis e Distribuídos (opcional) 2º Semestre
Sistemas Multimédia (opcional) 2º Semestre
As licenciaturas ISEP desenvolvem competências e conhecimentos técnicos, científicos e culturais com vista à inovação e exercício profissional, de acordo com o nível 6 do Quadro Nacional de Qualificações . Os diplomados podem assim ingressar no mercado de trabalho ao fim de três anos e solicitar a sua admissão à Ordem dos Engenheiros ou à Ordem dos Engenheiros Técnicos . Os licenciados ISEP têm vaga assegurada no respetivo mestrado, no ano seguinte à conclusão do curso. Perspetivas de carreira Sendo licenciado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, podes desenvolver a tua atividade profissional enquanto gestor de projetos em diversas áreas da engenharia eletrotécnica, mecatrónica, automação, telecomunicações, integração de sistemas, sistemas inteligentes e autónomos. Certamente que o teu caminho passará por áreas ligada à gestão, ao desenvolvimento ou melhoria de processos relacionados com computadores, robôs, telemóveis, radares, sistemas de navegação, comunicações por satélite, telecomunicações, televisões, programação de sistemas eletrónicos. Já imaginaste fazer parte dos que desenvolverão a televisão do futuro, a nova geração de telemóveis e de computadores ou que ajudarão a colocar o próximo robô em marte? Nos últimos anos, diplomados do ISEP começaram a trabalhar em empresas que desenvolvem e comercializam produtos elétricos, eletrónicos e informáticos, que gerem a programação de sistemas e redes de computadores, em projetos de automação e controlo industrial e na área dos serviços de comunicações, entre outros exemplos.

O acesso ao ensino superior público é coordenado pela Direção-Geral do Ensino Superior e pode realizar-se através das seguintes modalidades: Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior; Concursos Locais; Regimes Especiais; Concursos Especiais; Reingresso; Mudança de Curso e Transferência.   CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR   3135/9112 Licenciatura em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores Exames nacionais: Física e Química (07) + Matemática A (19) Média do último colocado em 2016: 136,6 Classificações Mínimas Nota de Candidatura: 95 pontos Provas de Ingresso: 95 pontos Fórmula de Cálculo Média do secundário (65%) + Provas de ingresso (35%)   Preferência Regional Percentagem de vagas: 50% Área de Influência: Aveiro, Braga, Bragança, Porto, Viana do Castelo, Vila Real.   OUTRAS MODALIDADES DE CANDIDATURA   O ISEP também aceita candidaturas aos seus cursos através de: • concursos especiais, incluindo      • concursos para maiores de 23 anos (M23),      • concursos para titulares de cursos médios ou superiores; • e dos concursos de mudança de curso, transferência e reingresso. O ISEP organiza um Curso Intensivo de Preparação para Realização da Prova de Matemática, para a prova de M23. Esta formação de 40 horas decorre em horário pós-laboral, entre fevereiro e abril. Inscrições: www.isep.ipp.pt/m23 .   PROPINAS €950/ano. Possibilidade de pagamento faseado e de frequência em regime parcial (€630,50/ano em regime parcial). Para mais informações sobre datas e requisitos de candidatura, por favor consulte a Direção-Geral do Ensino Superior ( www.dges.mctes.pt ) ou contacte a nossa Divisão Académica: info-sa@isep.ipp.pt / 228 340 500.

A informação disponibilizada nesta página não dispensa a consulta do Website de acesso ao ensino superior do Ministério da Ciência e Educação - www.dges.mctes.pt/DGES/pt/Estudantes/Acesso/