Entrada > Ensino > CURSOS > licenciaturas > ISEP > Licenciatura em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores

Licenciatura em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores

A engenharia eletrotécnica permite desenvolver equipamentos e sistemas que processam informação, comunicam e interagem com os seres humanos e o meio ambiente. 

Ajuda-nos a ligar o mundo, contribuindo para o desenvolvimento de sensores inteligentes, nanotecnologia e microchips, consolas de videojogos, telemóveis, computadores portáteis, redes sociais, tecnologias wireless e para os drones e robótica para exploração espacial.  

 

 

Porquê escolher esta licenciatura?

Tem uma forte componente prática e um método de ensino-aprendizagem dinâmico e inovador; 

Promove conhecimentos nas ciências de base e explora tendências emergentes nas áreas de eletrotecnia, eletrónica, tecnologias de rede, automação e sistemas digitais; 

Desafia os alunos a desenvolverem o projeto final do curso em empresas ou grupos de investigação, acelerando a integração no mercado de trabalho. 

 

 

Mestrados de Continuidade:

Mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores

 

Horário:

Diurno/Pós-Laboral

 

 

Diurno
523 Electrónica e automação
Número: 9112
Data:
01/01/2001
1º Ano
Unidade curricular Período ECTS
Álgebra Linear e Geometria Analítica 1º Semestre 5.0
Algoritmia e Programação 1º Semestre 5.0
Fundamentos da Engenharia Electrotécnica 1º Semestre 7.0
Gestão 1º Semestre 6.0
Matemática I 1º Semestre 5.0
Projeto de Engenharia em Eletrotecnia 1º Semestre 2.0
Desenvolvimento de Aplicações Computacionais 2º Semestre 5.0
Electrónica I 2º Semestre 5.0
Física Experimental 2º Semestre 5.0
Matemática II 2º Semestre 5.0
Sistemas Digitais 2º Semestre 5.0
Teoria dos Circuitos 2º Semestre 5.0
2º Ano
Unidade curricular Período ECTS
Electromagnetismo 1º Semestre 6.0
Electrónica II 1º Semestre 7.0
Estatística 1º Semestre 5.0
Microprocessadores e Microcontroladores 1º Semestre 6.0
Sinais e Sistemas 1º Semestre 6.0
Eletrónica Aplicada 2º Semestre 6.0
Máquinas Eléctricas 2º Semestre 6.0
Sistemas Computacionais 2º Semestre 6.0
Telecomunicações 2º Semestre 6.0
Teoria dos Sistemas 2º Semestre 6.0
3º Ano
Unidade curricular Período ECTS
Comunicação de Dados 1º Semestre 6.0
Electrónica de Potência 1º Semestre 6.0
Laboratório de Sistemas 1º Semestre 6.0
Sistemas de Energia e Energias Renováveis 1º Semestre 6.0
Vibrações e Ondas 1º Semestre 6.0
Projeto / Estágio 2º Semestre 12.0
Sistemas Computacionais Avançados 2º Semestre 6.0
Sistemas Electromecânicos 2º Semestre 6.0
Automação e Controlo (opcional) 2º Semestre 6.0
Comportamento Organizacional (opcional) 2º Semestre 6.0
Controlo Digital (opcional) 2º Semestre 6.0
Eletrónica nos Sistemas de Áudio e de Som (opcional) 2º Semestre 6.0
Sistemas de Telecomunicações na Aeronáutica (opcional) 2º Semestre 6.0
Sistemas e Planeamento de Informação (opcional) 2º Semestre 6.0
Sistemas Móveis e Distribuídos (opcional) 2º Semestre 6.0
Sistemas Multimédia (opcional) 2º Semestre 6.0
  • Saídas profissionais: • Profissão de engenheiro reconhecida em qualquer país europeu (marca de qualidade OE+EUR-ACE)
  •   • Desenvolvimentos de projetos de software nas mais diversas áreas da automação e das telecomunicações
  • • Gestor de projetos em diversas áreas da engenharia eletrotécnica, mecatrónica, telecomunicações, integração de sistemas, sistemas inteligentes e autónomos
  •   • Gestão, desenvolvimento ou melhoria de processos relacionados com computadores, robôs, telemóveis, radares, sistemas de navegação, comunicações por satélite, telecomunicações, televisões, programação de sistemas eletrónicos.    Taxa de empregabilidade: 97,4%   

Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior 3135/9112 Licenciatura em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores   Provas de Ingresso: Física e Química (07) + Matemática A (19)   Classificações Mínimas: Nota de Candidatura: 95 pontos Provas de Ingresso: 95 pontos Fórmula de Cálculo: Média do secundário (65%) + Provas de ingresso (35%)   Médias dos últimos colocados nos últimos 3 anos: 2017: 145,2 (1ª fase); 141,9 (2ª fase) 2018: 141,3 (1ª fase); 152,6 (2ª fase) 2019: 137,5 (1ª fase), 161,3 (2ª fase)   Preferência Regional: Percentagem de vagas: 50% Área de Influência: Aveiro, Braga, Bragança, Porto, Viana do Castelo, Vila Real.   Outras modalidades de candidatura ( +info aqui ): Concursos para maiores de 23 anos (M23), Concursos para titulares de cursos médios ou superiores; Concursos de mudança de curso, transferência e reingresso; CTeSP Diplomados de vias profissionalizantes do ensino secundário O ISEP organiza cursos de preparação para a realização da prova de Matemática M23. Saiba mais aqui  ou aceda neste site aos separadores «Outras Ofertas Formativas» e «Curso de Preparação de Matemática».   Propinas (2020/21): Estudantes nacionais e equiparados: 697€/ano Estudantes internacionais: 4500€/ano (os nacionais de um estado membro da CPLP beneficiam de um desconto de 25%) (Possibilidade de pagamento faseado e de frequência em regime parcial)

A informação disponibilizada nesta página não dispensa a consulta do Website de acesso ao ensino superior do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior - http://www.dges.gov.pt/pt