Entrada > Ensino > CURSOS > mestrados > ESS > Mestrado em Terapia Ocupacional - Opção em Gerontologia

Mestrado em Terapia Ocupacional - Opção em Gerontologia

Este Ciclo de Estudos foi desenvolvido para responder às necessidades dos Terapeutas Ocupacionais que desejam desenvolver competências específicas avançadas adequadas às funções que a sua área de especialização exige.

TO EM GERONTOLOGIA

Esta área de especialização do programa de Mestrado em Terapia Ocupacional tem como principais objetivos proporcionar aos estudantes formação aprofundada e integrada na área de conhecimento da gerontologia tendo em conta o panorama atual relativamente ao fenómeno do envelhecimento populacional, suas implicações e necessidades; aprofundar competências específicas adequadas à intervenção com os idosos, com os cuidadores formais e informais, levando em linha de conta várias perspetivas de intervenção; desenvolvimento e possibilidade de aplicação desses conhecimentos ao nível da investigação e prática profissional.

 

Diurno
Número: R/A-Ef818/2011/AL01
Data:
12/12/2016
N.º Despacho/Portaria: Despacho n.º 1361/2017 (2.ª Série),
Data:
08/02/2017
Unidade Ano Período
Metodologias de Investigação em Terapia Ocupacional 1 1º Semestre
Temas Aprofundados em Terapia Ocupacional 1 1º Semestre
Evidência em Terapia Ocupacional - Gerontologia 1 2º Semestre
Opção - Desenvolvimento Comunitário 1 2º Semestre
Opção - Intervenção Escolar 1 2º Semestre
Opção - Empreendedorismo e Inovação Social 1 2º Semestre
Opção - Tecnologias de Apoio 1 2º Semestre
Opção - Família e Cuidado Informal 1 2º Semestre
Seminários de Integração 1 2º Semestre
Proj. de Intervenção em Terapia Ocupacional/estágio Natureza Profis. - Projeto de Intervenção em Terapia Ocupacional 2 Semestral
Proj. de Intervenção em Terapia Ocupacional/estágio Natureza Profis. - Estágio de Natureza Profissional 2 Semestral
Não aplicável

Destinatários

Titulares do grau de Licenciatura Bietápica, da Licenciatura em Terapia Ocupacional, ou equivalente legal;

Titulares de um grau académico superior estrangeiro, nas áreas da saúde ou de áreas afins, conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;

Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado em Terapia Ocupacional pelo Conselho Técnico-Científico da Escola;

Detentores de um currículo escolar, científico e profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Técnico-Científico da Escola.