Entrada > Ensino > CURSOS > mestrados > ESS > Mestrado em Fisioterapia - Opção de Terapia Manual Ortopédica

Mestrado em Fisioterapia - Opção de Terapia Manual Ortopédica

Mestrado em Fisioterapia foi concebido e planificado de acordo com os princípios proclamados na declaração de Bolonha daí extraindo os conceitos de aprendizagem centrada no estudante e o sistema European Credit Transfer System para avaliar o esforço realizado pelo estudante nesse processo de aprendizagem. Ele assenta no conhecimento aprofundado de importantes domínios da Fisioterapia, e das outras áreas de conhecimento que suportam a sua prática tais como as ciências funcionais, ciências morfológicas, biomecânica, psicologia, física, bioestatística e farmácia. Na sua estrutura, o curso terá no 1º ano um primeiro trimestre comum às cinco opções.

No final deste primeiro trimestre os alunos serão distribuídos por cinco opções de especialização. O segundo ano será constituído por Estágio e relatório final com o total de 30 créditos.

TERAPIA MANUAL ORTOPÉDICA

Este Ciclo de Estudos foi desenvolvido para responder às necessidades dos Fisioterapeutas que desejam aprofundar competências específicas, adequadas à intervenção de pacientes/ clientes com disfunções neuro-musculo-esqueléticas providenciando assim uma abordagem conservadora e abrangente para gerir a dor e outros sintomas neuro-musculo-articulares do raquis e extremidades.

 

Diurno
Número: R/A-Ef 816/2011/AL01
Data:
12/12/2016
N.º Despacho/Portaria: Despacho n.º 1123/2017 (2.ª Série),
Data:
30/01/2017
Unidade Ano Período
Investigação em Fisioterapia 1 1º Semestre
Empreendedorismo e Gestão em Fisioterapia 1 1º Semestre
Avaliação da Condição Física 1 1º Semestre
Seminários em Fisioterapia 1 1º Semestre
Terapia Manual Ortopédica 1 1 1º Semestre
Exercício Terapêutico 1 2º Semestre
Terapia Manual Ortopédica 2 1 2º Semestre
Dissertação/estágio Com Relatório Final 2 Anual
Não aplicável

Destinatários

Titulares do grau de Licenciatura Bietápica, da Licenciatura em Fisioterapia, ou equivalente legal;

Titulares de um grau académico superior estrangeiro, nas áreas da saúde ou de áreas afins, conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;

Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado em Fisioterapia pelo Conselho Técnico-Científico da Escola;

Detentores de um currículo escolar, científico e profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Técnico-Científico da Escola.