Entrada > Comunidade > RESPONSABILIDADE SOCIAL > Comunicação Inclusiva

Guia para uma Comunicação Inclusiva

O Ensino Superior possui naturalmente um ambiente heterogéneo, multicultural e muitas vezes multilingue, sendo um dever institucional promover e priorizar a igualdade e o respeito pela diversidade. Acreditamos que as pessoas realizam-se num ambiente efetivamente inclusivo, onde a diversidade é um valor em si mesmo.

O Politécnico do Porto é membro da Carta Portuguesa para a Diversidade e da Rede da Carta Portuguesa, pelo que tem uma responsabilidade acrescida na implementação de regras que, respeitando a igualdade, respeitem também a diferença.

Sabemos que a comunicação é um instrumento poderoso. Trata-se de um meio que serve para moldar as nossas atitudes, perceções e comportamentos e que reflete o mundo no qual aspiramos viver e trabalhar. As palavras e as imagens não são anódinas, já que a comunicação pode tornar-se discriminatória se não tivermos em conta os pressupostos que influenciam a linguagem e os conteúdos visuais que escolhemos

A língua está em constante evolução: as palavras mudam e a forma como as utilizamos deve acompanhar essa mudança. Usar uma linguagem sensível à questão do género e isenta de preconceitos é uma forma de rejeitar perceções antiquadas sobre homens, mulheres, pessoas com deficiência e outros grupos de pessoas na sociedade.

O Guia P.PORTO para uma Comunicação Inclusiva não procura impor comportamentos mas sim sensibilizar para a importância do papel que a inclusão tem na comunicação de uma instituição pública, e assim induzir alterações de comportamentos positivos em toda a comunidade.

DOWNLOAD