Entrada > Notícias > Blended Mobility Project exemplo de boas práticas

Blended Mobility Project exemplo de boas práticas

Presidência

Este projeto liderado pelo Politécnico do Porto foi avaliado pela Comissão Europeia como um exemplo único de Boas Práticas no âmbito da Mobilidade Mista


As boas práticas de projectos financiados por Erasmus+, tais como as Parcerias Estratégicas Erasmus+ para o Ensino Superior, são uma boa fonte de inspiração e de informação para as instituições de ensino superior que organizam a mobilidade mista para os seus estudantes e pessoal.

A Comissão Europeia, no âmbito da Commission's Directorate General for Education and Culture (DG EAC), produziu em maio passado o Higher Education Mobility Handbook For Higher Education Institutions, Este guia divulga projetos que produziram, por exemplo, orientações, conceitos e materiais que apoiem as Instituições de Ensino Superior na organização de actividades de mobilidade mista.

O projeto Blended-AIM (KA2 de 2015, coordenado pelo Politécnico do Porto) é referido como (único) exemplo de boas práticas para o desenho de cursos de projetos curriculares em mobilidade mista.

O projecto fornece orientações abrangentes e um kit de ferramentas para ajudar a conceber programas de estágios mistos. Os parceiros desenvolveram um conceito inovador para a mobilidade mista onde estudantes de diferentes instituições trabalham em problemas da vida real sugeridos pelas empresas. Os participantes encontram-se fisicamente com as empresas duas vezes durante uma semana durante o curso da mobilidade mista e o resto do trabalho  é feito remotamente online.

Autor

GCDI | P.PORTO

Partilhar