Entrada > Notícias > Maratona de trabalho e pensamento 48 horas non stop na PDF

Maratona de trabalho e pensamento 48 horas non stop na PDF

Entre os dias 28 e 30 de janeiro, a PDF participará numa sessão de trabalho em regime de estafeta com alunos, designers, professores, investigadores de diversas áreas científicas e empresários.


A Porto Design Factory do Politécnico do Porto vai organizar, à escala planetária e com mais quatro design factories, uma maratona de 48 horas non stop de pensamento criativo, para discutir e procurar soluções para problemas sociais globais.
Esta iniciativa,na RAT RELAY FOR GLOBAL GOOD é uma colaboração com Aalto Design Factory, de Helsínquia, Finlândia, Frisian Design Factory de Leeuwarden, Holanda, PhilaU Nexus Design Factory de Philadelfia, Estados Unidos e Swinburne Design Factory de Melbourne, Austrália.

A sessão de trabalho decorre em regime de estafeta com alunos, designers, professores, investigadores de diversas áreas científicas e empresários, em torno de um problema global. Durante a maratona, o tema é transferido a outras design factories, recebendo, por sua vez, um desafio já trabalhado por outra congénere, dando-lhe continuidade e assim sucessivamente. No final da maratona, os 5 desafios terão recebido contributos de cada uma das factories, apresentando uma solução verdadeiramente global e co-criada. 

Esta maratona de pensamento criativo pretende reunir contributos de diferentes escolas, culturas e visões, à escala planetária, para encontrar soluções de impacto global para problemas sociais globais. O desafio escolhido pela Porto Design Factory vai mobilizar 22 pessoas, divididas por turnos. Cada Factory escolhe o seu desafio social global, passando o desafio, 8 horas depois, à Factory seguinte. Todas as Factories trabalharão, no decorrer de um turno, em cada um dos desafios, permitindo, para cada um deles encontrar soluções de impacto global. Os 5 desafios regressam no final às Factories originais. No decorrer desta atividade a PDF fará ligações, por videoconferência, através de plasma instalado na cozinha da PDF, às suas congéneres de quem vai receber o testemunho e a quem vai transmitir o seu desafio.

O percurso feito por cada um dos projetos não terá uma "propriedade”, pois o importante é que alunos, professores, investigadores e empresários possam envolver-se na discussão e solução de um problema que a todos diz respeito. 

Autor

teresa.silva

Partilhar