Entrada > Submissões Externas > Abertas as candidaturas ao Curso EOLES

Abertas as candidaturas ao Curso EOLES

ISEP

O EOLES é o primeiro curso na área da engenharia eletrotécnica totalmente à distância oferecido pelo Instituto Superior de Engenharia do Porto.


Estão abertas as candidaturas para o EOLES - Electronic and Optic e-Learning for Embedded Systems, curso de formação contínua totalmente à distância oferecido pelo Departamento de Engenharia Eletrotécnica do Instituto Superior de Engenharia do Porto.

O curso faz uso de ferramentas síncronas e assíncronas que permitem aos estudantes fazerem parte de uma comunidade de aprendizagem virtual e assim fortalecerem, entre outras coisas, a sua capacidade de trabalho quando integrados em equipas internacionais. Em caso de aproveitamento, o estudante recebe um certificado final de conclusão do curso, passado pelo Instituto Superior de Engenharia do Porto, e um Diplôme de Licence Sciences Pour l'Ingénieur, diploma de licenciatura passado pela Universidade de Limoges, responsável pela organização e gestão do curso, e reconhecido em todo o Espaço Europeu de Ensino Superior.

São admitidos à candidatura os titulares de um Diploma de Mestrado, Licenciatura ou Bacharelato na área científica de Engenharia Eletrotécnica, Física, Eletrónica, Telecomunicações ou afins. A candidatura ao acesso ao curso de Formação Contínua EOLES é feita exclusivamente online, mediante o preenchimento do formulário de candidatura e o envio da documentação aí indicada.

O curso, que pode ser realizado em um ou dois anos, é ministrado em inglês e conta com professores e tutores provenientes, além do Instituto Superior de Engenharia do Porto, das seguintes instituições de ensino: Universidade de Limoges, em França; Universidade KU Leuven, na Bélgica; Universidade Politehnica de Bucareste, na Roménia; Universidade Abdelhamid Ibn Badis de Mostaganem, na Argélia; Universidades Cadi Ayyad de Marraquexe, Sultan Moulay Slimane de Beni Mellal e Abdelmalek Essaâdi de Tetouan, em Marrocos; e às Universidades de Kairouan, Sfax e Virtual de Tunis, na Tunísia.


Mais informações

Autor

Manuel Gradim de Oliveira Gericota (mgg@isep.ipp.pt)

Partilhar