Entrada > Ensino > CURSOS > tesp > ESHT > Curso Técnico Sup. Profissional de Turismo e Informação Turística

Curso Técnico Sup. Profissional de Turismo e Informação Turística

Este curso visa a formação de profissionais capazes de introduzir importantes dinâmicas nos destinos e nas empresas, desenvolvendo, criando e gerindo oferta de recursos e produtos turísticos atractivos. Visa garantir uma formação técnica especializada na área da informação, acompanhamento e aconselhamento de turistas nacionais e estrangeiros, respondendo às necessidades do mercado local e global.

 

Diurno
Acreditado por: Acreditado preliminarmente em
Área CNAEF:

Consultar relatórios em www.a3es.pt

Unidade Ano Período
Técnicas de Informação e Comunicação 1 1º Semestre
Introdução Ao Turismo 1 1º Semestre
Marketing Turístico 1 2º Semestre
Geografia do Turismo 1 2º Semestre
Promoção e Dinamização de Destinos Turísticos 1 Anual
Gestão da Informação no Turismo 1 Anual
Língua Inglesa Aplicada 1 Anual
Língua Portuguesa 1 Anual
Cultura e Património 1 Anual
História de Portugal 1 Anual
Gestão da Comunicação no Turismo 1 Anual
Processos de Recolha de Informação 1 Anual
Produtos e Mercados Turísticos 2 1º Semestre
Recursos de Informação Turística 2 1º Semestre
Itinerários Turísticos 2 1º Semestre
Introdução à Hotelaria 2 1º Semestre
Comportamento Informacional no Turismo 2 1º Semestre
Língua Francesa Aplicada 2 1º Semestre
Língua Espanhola Aplicada 2 1º Semestre
Comunicação Intercultural 2 1º Semestre
Estágio 2 2º Semestre
  • Agentes de viagens;
  • Operadores turísticos;
  • Técnicos em Organizações de Turismo;
  • Técnicos em Empresas de Animação Turística;
  • Guias Turísticos;
  • Guias de Museu.

Podem candidatar-se aos cursos técnicos superiores profissionais:

Os titulares de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente;

Os que tenham sido aprovados nas provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, realizadas, para o curso em causa, nos termos do Decreto-lei n.º 64/2006, de 21 de março;

Os estudantes que, tendo obtido aprovação em todas as disciplinas dos 10.º e 11.º anos de um curso de ensino secundário, ou de habilitação legalmente equivalente, e não tendo concluído esse curso, sejam considerados aptos através de prova de avaliação de capacidade a realizar pela instituição de ensino superior;

Os titulares de um diploma de especialização tecnológica, de um diploma de técnico superior profissional ou de um grau de ensino superior, que pretendam a sua requalificação profissional.

A informação disponibilizada nesta página não dispensa a consulta do Website de acesso ao ensino superior do Ministério da Ciência e Educação - http://www.dges.mctes.pt/DGES/pt/Estudantes/Acesso/