Entrada > Ensino > CURSOS > pós-graduações > ESHT > Pós-graduação em Enoturismo

Pós-graduação em Enoturismo

O Curso de Pós-graduação em Enoturismo é promovido pela Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Politécnico do Porto. Para o Plano de Estudos e funcionalidade do Curso conta ainda com a estreita colaboração da Entidade Regional do Turismo do Porto e Norte e da AHRESP.

Sendo o Turismo e Vinhos um dos setores da economia com maior taxa de crescimento é necessário dotar os seus profissionais de elevados níveis de competência e especialização. Além da formação dos futuros profissionais do setor, pretende-se a qualificação dos profissionais em exercício que garantam a melhoria contínua e sustentada do Enoturismo.

Pela especificidade das unidades de Enoturismo, pela compreensão da importância do turismo de experiências e pelos recursos humanos como um fator estratégico de negócio, a qualificação dos profissionais em Enoturismo torna-se crucial para valorizar os territórios vinhateiros/destinos de enoturismo, qualificar a oferta de produtos e serviços, capacitar os agentes e potenciar o cross-seelling entre Vinho e Turismo.

 

Pós-Laboral
811 Hotelaria e restauração
1º Ano
Unidade curricular Período ECTS
Análise Sensorial 1º Semestre 4.0
Ciclo da Vinha ao Vinho 1º Semestre 5.0
Estratégias de Marketing no Enoturismo 1º Semestre 5.0
Marketing Digital e Storytelling 1º Semestre 6.0
Regiões Vitivinícolas Nacionais 1º Semestre 6.0
Turismo, Gastronomia e Cultura 1º Semestre 5.0
Enogastronomia 2º Semestre 5.0
Gestão de Eventos Vínicos 2º Semestre 5.0
Gestão de Negócios de Enoturismo 2º Semestre 5.0
Inglês Aplicado do Enoturismo 2º Semestre 4.0
Regiões Vitivinícolas Internacionais 2º Semestre 6.0
Seminários Técnicos 2º Semestre 4.0

Titulares do grau de licenciatura ou equivalente legal, ou superior. Titulares de grau académico estrangeiro, conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do processo de Bolonha por um Estado aderente a esse processo, com ou sem formação académica. Não licenciados, mas detentores de um currículo profissional que seja reconhecido, pelo Conselho Científico da escola, como atestando capacidade para a realização do curso. Não detentores de grau académico que demonstrem ter currículo e experiência profissional relevante e que exerçam funções nas áreas afins.