Entrada > Ensino > CURSOS > mestrados > ESS > Mestrado em Aconselhamento e Informação em Farmácia

Mestrado em Aconselhamento e Informação em Farmácia

O curso de Mestrado em Aconselhamento e Informação em Farmácia tem como principais objetivos formar profissionais especializados com os conhecimentos e competências necessárias à prestação de um aconselhamento responsável, aquando da dispensa de medicamentos e demais produtos de saúde, concretamente ao nível das Farmácias de Oficina e dos Postos de Venda de Medicamentos Não Sujeitos a Receita Médica Obrigatória, contribuindo, de forma determinante, para a sua utilização consciente e racional.

O Mestrado em Aconselhamento e Informação em Farmácia está estruturado em 3 semestres letivos. O primeiro e

segundo semestres visam a obtenção de competências transversais e específicas nas áreas de aconselhamento, comunicação, informação e prestação de cuidados em Farmácia. O terceiro semestre destina-se ao desenvolvimento de um projeto (ou relatório estágio) no âmbito do aconselhamento e informação em Farmácia.

 

Diurno
Acreditado por: Acreditado preliminarmente em
12/12/2011
Área CNAEF: 727 - Ciências farmacêuticas

Consultar relatórios em www.a3es.pt

Número: R/A-EF-814/2011
Data:
18/03/2011
N.º Despacho/Portaria: Despacho n.º 27133/2009 (2.ª Série),
Data:
17/12/2009
Unidade Ano Período
Comunicação e Informação em Farmácia 1 1º Semestre
Opção I - Opção I: Qualidade em Farmácia 1 1º Semestre
Aconselhamento em Farmácia I 1 1º Semestre
Aconselhamento em Farmácia II 1 2º Semestre
Planeamento Experimental 1 2º Semestre
Prestação de Cuidados e Seguimento Farmacoterapêutico 1 2º Semestre
Opção II - Opção Ii: Direito da Farmácia e do Medicamento 1 2º Semestre
Projecto ou Estágio Com Defesa Relatório Final 2 1º Semestre
Não aplicável

DESTINATÁRIOS

Titulares do grau de Licenciatura Bietápica, da Licenciatura em Farmácia, ou equivalente legal;

Titulares de um grau académico superior estrangeiro nas áreas da saúde ou de áreas afins, conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo os princípios de Bolonha, por um Estado aderente a este Processo;

Titulares de um grau académico estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de Licenciado em Farmácia pelo Conselho Técnico-Científico da ESTSP/IPP;

Detentores de um currículo escolar, científico e/ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para a frequência deste ciclo de estudos pelo Conselho Técnico Científico da ESTSP/IPP.

A informação disponibilizada nesta página não dispensa a consulta do Website de acesso ao ensino superior do Ministério da Ciência e Educação - http://www.dges.mctes.pt/DGES/pt/Estudantes/Acesso/